Texto dissertativo: como fazer, dicas e exemplo prático (2023)

Redação

Tag: Enem

O texto dissertativo é um dos estilos de escrita mais exigidos nos concursos, em vestibulares e outras provas.

No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), por exemplo, os candidatos são submetidos à uma redação dissertativo-argumentativa, que é um dos tipos de dissertação.

Escrever um bom texto dissertativo exige domínio da língua portuguesa e capacidade de apresentar as informações seguindo uma linha lógica.

Afinal, o leitor precisa ter clara compreensão sobre o que está sendo transmitido, de forma que não exista ruídos e ou qualquer dificuldade de interpretação.

É, de fato, um desafio.

Por isso, no próprio Enem, são poucos os candidatos que conquistam a nota máxima.

Em 2019, por exemplo, atingiram 1.000 pontos (a nota máxima) apenas 53 dos quase 4 milhões de estudantes que realizaram o exame.

Mas este dado não serve para te desanimar e, sim, para te incentivar a fazer parte desse seleto grupo de pessoas.

Nas próximas linhas, além de descobrir qual é a estrutura adequada para a redação do Enem, você vai aprender como escrever um texto dissertativo excelente.

Avance na leitura:

  1. O que é um texto dissertativo?
  2. Quais são os tipos de textos dissertativos?
  3. Como é a estrutura das dissertações?
  4. Como escrever um bom texto dissertativo no Enem
  5. Exemplo de texto dissertativo
  6. Resumo: como fazer um texto dissertativo-argumentativo
  7. Conclusão

Texto dissertativo: como fazer, dicas e exemplo prático (2)

O que é um texto dissertativo?

Texto dissertativo é um formato de escrita que busca defender uma ideia central a partir da argumentação, valendo-se, portanto, de opiniões e provas, como dados, levantamentos, estatísticas, fatos, exemplos e quaisquer outros elementos que sejam capazes de sustentar a tese apresentada.

Essa é a definição apresentada na Cartilha do Participante do Ministério da Educação (MEC), documento que orienta como deve ser produzida a redação do Enem.

Quais são os tipos de textos dissertativos?

Existem dois tipos de textos dissertativos: o expositivo e o argumentativo.

Na redação expositiva, o escritor apresenta as informações sem a necessidade de convencer o leitor de algo.

Normalmente, esse modelo é baseado em fatos inquestionáveis, como notícias que são veiculadas na mídia.

Dessa forma, funciona como uma exposição e não como um debate, no qual seria preciso contestar posições, por exemplo.

Já o outro estilo de texto, o argumentativo, exige que o escritor faça uma reflexão sobre determinado tema para defender o seu ponto de vista.

Ao tomar partido, portanto, cabe a ele encontrar evidências que afirmam a sua opinião.

Nesse tipo de redação, é preciso persuadir o leitor, fazendo isso de modo que ele entenda e aceite a sua perspectiva.

>>> Os melhores métodos de estudo para seu aprendizado

Como é a estrutura das dissertações?

Texto dissertativo: como fazer, dicas e exemplo prático (3)

A estrutura é a divisão por etapas em um texto.

Ela é fundamental para a construção de um pensamento sólido, que ajuda o leitor a compreender a mensagem que se deseja transmitir.

Cada fase da estrutura de um texto tem uma função.

Vale destacar, ainda, que a estrutura pode ser diferente de acordo com o gênero de escrita.

No caso da dissertação, por exemplo, o escritor deve respeitar a seguinte hierarquia: introdução, desenvolvimento e conclusão.

Veja a seguir o que é preciso conter nessas etapas.

Introdução

É o começo da dissertação.

Neste momento, o escritor deve destacar o tema do texto, mencionando as ideias que serão apresentadas nas linhas seguintes.

Desenvolvimento

É o meio da dissertação.

Aqui, é hora de colocar todos os argumentos para jogo.

Explore todas as suas convicções e apresente informações detalhadas, contendo o uso de dados e fatos. Lembre-se de usar conectivos para dar coesão às suas ideias.

Conclusão

É o fim da dissertação.

Neste ponto, é importante que todos os argumentos já tenham sido apresentados para que a ideia central seja retomada e finalizada.

Também é o momento de fazer a sua proposta de intervenção, ou seja, sugerir uma ação que ajude a sociedade a lidar com um problema social.

Sua proposta deve abordar cinco elementos:

  1. Agente: quem fará?
  2. Ação: o que será feito?
  3. Modo/meio: como será feito? De que modo será feito?
  4. Finalidade: qual o intuito? Como isso pode ajudar? Qual o propósito disso no problema?
  5. Detalhamento: quais são os detalhes importantes para essa ação dar certo? Como as coisas serão relacionadas? Com ajuda ou participação de quem será feito?

Como escrever um bom texto dissertativo no Enem

Texto dissertativo: como fazer, dicas e exemplo prático (4)

Escrever um bom texto dissertativo exige conhecimento da língua portuguesa e raciocínio lógico para que a tese seja defendida.

Além desses fatores, alguns passos são fundamentais para fazer uma redação nota 1000 no Enem.

Quer saber quais são? Confira abaixo!

1. Entenda o tema

Principalmente em vestibulares, é comum que o candidato tenha que redigir sobre um tema já estabelecido.

No Enem, por exemplo, as redações têm foco em assuntos atuais e polêmicos.

Por essa razão, é fundamental que os estudantes estejam atualizados para discorrer com propriedade.

Ao fazer um texto dissertativo, é importante ter a certeza de entender bem o tema.

Afinal, se houver dúvidas sobre o assunto em questão, os argumentos poderão ser prejudicados.

E, como consequência, o leitor terá dificuldade em captar as ideias e mensagens transmitidas.

2. Entenda as etapas da redação

Você viu mais acima que a dissertação deve respeitar uma estrutura.

Primeiro, a introdução. Depois, o desenvolvimento. Por fim, a conclusão.

Entender o que deve ser escrito em cada uma dessas etapas é primordial para fazer um bom texto.

Vale lembrar ainda que existe uma pré-etapa, a de pesquisa.

Evidentemente, em vestibulares, ela é ausente, já que o candidato deve escrever a redação sem consultar nenhuma informação, apenas com a sabedoria já adquirida.

Mas, em outros casos, é válido realizar uma busca sobre dados e fatos para inserir no seu texto dissertativo, ainda mais se ele for do tipo argumentativo.

3. Escolha seus argumentos

Certamente, você encontrará uma série de informações para corroborar a sua tese.

Mas quais delas são mais importantes? Elas, de fato, ajudarão a convencer o leitor sobre o seu ponto de vista?

É fundamental realizar essa reflexão e fazer um filtro dos argumentos que você tem em mãos.

4. Organize cada parágrafo do texto

Normalmente, em vestibulares, além de respeitar a hierarquia do texto, também é exigido que a sua redação permaneça dentro de uma quantidade de linhas.

Sendo assim, procure organizar os parágrafos e estabelecer o que cada um deles trará de informações.

5. Desenvolva com clareza

Tenha sempre em mente que o leitor deve ser convencido da sua ideia.

Por isso, veja se ela está clara e de fácil entendimento.

Use um vocabulário adequado, escolhendo palavras que contribuam para essa compreensão.

6. Traga soluções

Em um texto dissertativo, sempre que apontar um problema, crie uma solução.

Se você faz uma crítica a algo, pense em alternativas que poderiam ser usadas para resolver ou minimizar a situação.

Lembre-se de trazer evidências para todas as ideias que apresenta.

7. Esteja atento ao português

De nada adianta você ter uma tese sólida e convincente, mas cometer erros de português.

A atenção à gramática é fundamental para que uma dissertação seja perfeita.

Se tiver dúvidas sobre como escrever uma palavra, por exemplo, e não for possível consultar um dicionário no momento, não arrisque.

Pense em sinônimos dos quais você tem certeza da grafia.

8. Revise e confira seu texto

A revisão é indispensável para corrigir os erros ortográficos.

Mas ela não se limita a isso.

Quando você confere o seu texto com um novo olhar, fica mais fácil identificar falhas na narrativa.

>>> Como é corrigida a redação do Enem? E os corretores? Tire suas dúvidas

Exemplo de texto dissertativo

Para praticar a escrita de um texto dissertativo, é sempre válido recorrer a redações já feitas.

Por isso, ter alguns exemplos como base pode ajudar nessa atividade.

E que tal se inspirar em dissertações que obtiveram a nota máxima no Enem?

O MEC, além de divulgar algumas das melhores redações do Exame, ainda faz uma análise do conteúdo.

Assim, você pode ver quais são os pontos fortes e de melhoria nos textos.

Confira um exemplo de redação nota 1000 do Enem de 2018. O tema daquele ano foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”:

Em sua canção “Pela Internet”, o cantor brasileiro Gilberto Gil louva a quantidade de informações disponibilizadas pelas plataformas digitais para seus usuários. No entanto, com o avanço de algoritmos e mecanismos de controle de dados desenvolvidos por empresas de aplicativos e redes sociais, essa abundância vem sendo restringida e as notícias, e produtos culturais vêm sendo cada vez mais direcionados – uma conjuntura atual apta a moldar os
hábitos e a informatividade dos usuários. Desse modo, tal manipulação do comportamento de usuários pela seleção prévia de dados é inconcebível e merece um olhar mais crítico de enfrentamento.

Em primeiro lugar, é válido reconhecer como esse panorama supracitado é capaz de limitar a própria cidadania do indivíduo. Acerca disso, é pertinente trazer o discurso do filósofo Jürgen Habermas, no qual ele conceitua a ação comunicativa: esta consiste na capacidade de uma pessoa em defender seus interesses e demonstrar o que acha melhor para a comunidade, demandando ampla informatividade prévia. Assim, sabendo que a cidadania consiste na luta pelo bem-estar social, caso os sujeitos não possuam um pleno conhecimento da realidade na qual estão inseridos e de como seu próximo pode desfrutar do bem comum – já que suas fontes de informação estão direcionadas –, eles serão incapazes de assumir plena defesa pelo coletivo. Logo, a manipulação do comportamento não pode ser aceita em nome do combate, também, ao individualismo e do zelo pelo bem grupal.

Em segundo lugar, vale salientar como o controle de dados pela internet vai de encontro à concepção do indivíduo pós-moderno. Isso porque, de acordo com o filósofo pós-estruturalista Stuart-Hall, o sujeito inserido na pós-modernidade é dotado de múltiplas identidades. Sendo assim, as preferências e ideias das pessoas estão em constante interação, o que pode ser limitado pela prévia seleção de informações, comerciais, produtos, entre outros. Por fim, seria negligente não notar como a tentativa de tais algoritmos de criar universos culturais adequados a um gosto de seu usuário criam uma falsa sensação de livre arbítrio e tolhe os múltiplos interesses e identidades que um sujeito poderia assumir.

Portanto, são necessárias medidas capazes de mitigar essa problemática. Para tanto, as instituições escolares são responsáveis pela educação digital e emancipação de seus alunos, com o intuito de deixá-los cientes dos mecanismos utilizados pelas novas tecnologias de comunicação e informação e torná-los mais críticos. Isso pode ser feito pela abordagem da temática, desde o ensino fundamental – uma vez que as gerações estão, cada vez mais cedo, imersas na realidade das novas tecnologias – , de maneira lúdica e adaptada à faixa etária, contando com a capacitação prévia dos professores acerca dos novos meios comunicativos. Por meio, também, de palestras com profissionais das áreas da informática que expliquem como os alunos poderão ampliar seu meio de informações e demonstrem como lidar com tais seletividades, haverá um caminho traçado para uma sociedade emancipada.

>>> 8 temas de redação que podem aparecer no Enem

Resumo: como fazer um texto dissertativo-argumentativo

Texto dissertativo: como fazer, dicas e exemplo prático (5)

As dicas acima já dão um bom direcionamento sobre como escrever um texto dissertativo-argumentativo, não é mesmo?

Mas, se você ainda sente que não está preparado para fazer essa dissertação, aqui vão mais algumas orientações.

Primeiramente, estude bastante o tema da sua redação.

Vamos supor que o assunto seja "educação a distância".

Nesse caso, faça pesquisas em sites confiáveis e de fontes oficiais, como o MEC.

Levante dados de pesquisas realizadas por órgãos competentes, como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por exemplo.

Após ler e entender tudo sobre o assunto, escolha seu lado. Você é a favor ou contra o ensino EAD?

Procure esclarecer o seu posicionamento logo na introdução.

Já durante a fase de desenvolvimento, apresente os argumentos obtidos para defender o seu ponto de vista.

Lembre-se também de apresentar soluções para os problemas discutidos.

Por fim, retome o ponto central da sua tese e encerre o seu pensamento.

Para garantir que a sua redação esteja adequada, leia todo o texto novamente, procurando erros de português e lapsos no raciocínio.

Se a mensagem está clara, você tem um bom texto dissertativo.

Conclusão

O que achou das dicas sobre como escrever um bom texto dissertativo?

A estrutura da dissertação é, relativamente, simples, concorda?

Mas, para que ela seja respeitada da forma ideal, é preciso praticar bastante.

A escrita é uma habilidade que deve ser aprimorada.

Alguns indivíduos já nascem com um talento natural. Outros, por sua vez, necessitam de um pouco mais de esforço e dedicação.

E você, como diria que é a sua aptidão com a redação?

Antes de responder, saiba que, muitas vezes, somos melhores do que imaginamos.

A partir de agora, então, você já pode pegar papel e caneta para colocar as suas ideias em forma de texto dissertativo, não acha?

Depois, volte aqui e conte como tem sido a sua evolução, combinado?

Gostou deste artigo? Então, aproveite para deixar o seu comentário no campo logo abaixo e não se esqueça de compartilhar o conteúdo em suas redes sociais.

Top Articles
Latest Posts
Article information

Author: Aracelis Kilback

Last Updated: 01/16/2023

Views: 6118

Rating: 4.3 / 5 (44 voted)

Reviews: 83% of readers found this page helpful

Author information

Name: Aracelis Kilback

Birthday: 1994-11-22

Address: Apt. 895 30151 Green Plain, Lake Mariela, RI 98141

Phone: +5992291857476

Job: Legal Officer

Hobby: LARPing, role-playing games, Slacklining, Reading, Inline skating, Brazilian jiu-jitsu, Dance

Introduction: My name is Aracelis Kilback, I am a nice, gentle, agreeable, joyous, attractive, combative, gifted person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.